...

...

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

mergulhando no mundo CONVERSE DE SER....

Quem não é fã de um converse??? É impressionante, descolados, nerds, patricinhas, rockeiros, esportistas... tem sempre um converse a sua cara, bebes, crianças, adultos !!! Sempre tem um converse... Como sou uma apaixonada por eles, mergulhei na história e cheguei a este post!! Espero que vocês curtam!

Que você é fã de Converse All Star, a gente já imagina – afinal, quem não é? 
Mas será que você sabe tudo a respeito dele? Se ficou na dúvida, a gente 
conta aqui algumas curiosidades sobre este já clássico modelo de tênis.
Um pouco de história
Um século atrás, a “Converse Rubber Company of Massachusetts”, nos Estados Unidos, 
criou um tênis atlético com a parte de cima feita em lona, sola grossa e biqueira em borracha. 
Ele passou a se chamar All Star – mas só até a Converse chamar o ex-jogador de basquete e 
estrela do esporte norte-americano Charles “Chuck” Taylor para o que poderia ser descrito 
como o primeiro contrato de patrocínio de um tênis. Ele foi recrutado para representar e 
vender o modelo, viajar pelo país e “evangelizar” os demais jogadores de basquete.
                                                Charles “Chuck” Taylor em 1918
Chuck Taylor sugeriu algumas modificações no design, que foram implementadas no início 
da década de 1920. As vendas começaram a crescer muito e a Converse resolveu 
recompensar seu parceiro colocando sua assinatura junto do famoso patch com uma 
estrela, tão característico do modelo.
Pode-se dizer que, desde então, a base do Converse All Star permaneceu praticamente 
inalterada. Hoje, quase 800 milhões de pares depois, ele segue sendo um dos tênis mais 
populares do mundo.
Curiosidades
* Os “Chucks”, como ficaram conhecidos nos States, lá pelas tantas deixaram de ser 
usados nas quadras de basquete – mas permanecerem na vida dos americanos. 
Na Segunda Guerra Mundial, eles eram padrão entre os soldados. E – pasmem!
 – ainda hoje fazem parte do sistema de abastecimento militar dos EUA.
* Até a década de 1950, a assinatura de Chuck Taylor ficava dentro de uma estrela 
preta. A partir daí, passou a figurar ao lado da estrela azul.
* O Converse All Star de cano baixo, então chamado de “oxford sneaker”, foi lançado 
só nos anos 1960.
* Até 1966, só havia All Star em preto ou em branco. A partir daí, foram acrescentadas 
versões nas cores de times de basquete. Agora, estão disponíveis mais de cem 
cores e materiais!
* Os ilhoses de metal na parte lateral do tênis são um detalhe de design que faz parte 
do modelo desde o início.
* Se um Converse All Star branco custa hoje cerca de US$ 45 nos Estados Unidos, 
ele custava só US$ 6 em 1957.
Demais, né?