...

...

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

casal todo errado (felicidade)

                  

Seguimos rumo a felicidade e era só o que importava!!! Estar com ele me fazia feliz, completa, colorida e amada.. o que mais alguém precisa nesta vida??? Eu cheguei a achar que não seria por muito tempo, era muito bom para ser verdade... um dia depois de quase 1 ano juto, eu percebi que nunca havíamos brigado, nem uma discussão se quer... (lógico que hoje em dia eu não posso dizer o mesmo). Cada dia descobríamos mais e mais afinidades, aprendi a gostar do que ele gostava e ele se adaptou a mim, e não pensei que isso é uma tarefa muito fácil... mas, o mais encantador de tudo era como no fim riamos de tudo, até das coisas ruins... a primeira vez que ele dormiu na minha casa, ele foi tirar as coisas do bolso de trás da calça dele e quando ele puxou a mão do bolso derrubou todas as minhas prateleirinhas que ficavam ao lado da cama (depois disso mudei as prateleiras e a cama), fui me adaptando né! Eu fiquei muito brava na hora, mas, ele ficou tãooooooo nervoso que eu não aguentei e ri!!! Outro episódio hilário foi quando fomos atropelados por uma moto.. é.. exatamente!!! Nós fomos atropelados por uma moto e foi tão ridículo que caímos na gargalhada! Estávamos atravessando a rua fora do sinal, as 23 hs, numa curva, de mãos dadas, a moto veio que veio e ao invés de soltarmos a mão e cada um ir para um lado, ficamos de mãos dadas e fomos atropelados!!! (ridículo né?), pode piorar, o meu namorado conhecia o cara da moto!!! Putzzzzzzzzzzz..... pior que pagar um King-kong desses, é saber que já conhecia o macaco!!! Independente de tudo, ele foi se tornando parte de mim, e o que ele sentia eu sentia também.... e toda a felicidade colorida do começo tinha virado AMOR....
                                  

Texto: Maria Alice Monteiro